quarta-feira, 20 de julho de 2011

Porque não consigo encontrar emprego em Portugal?



O Carlos, enquanto o café (importado da Colômbia) estava a fazer na máquina (Made in Chech Republic), barbeou-se com a máquina eléctrica (Made in France).

Depois de preparar as torradas na torradeira (Made in Italy) e enquanto tomava o café pegou na máquina de calcular (Made in China) para ver quanto é que poderia gastar nesse dia e consultou a Internet no seu computador (Made in Hungary) para ver as previsões meteorológicas.

Depois de ouvir as notícias pela rádio (Made in India), ainda bebeu um sumo de laranja (produced in Israel), entrou no carro (Made in Germany) e continuou à procura de emprego.

Ao fim de mais um dia frustrante, com muitos contactos feitos através do seu telemóvel (Made in Finland) o Carlos decidiu relaxar e sentou-se num sofá (Made in Sweden), ligou a TV (Made in Slovenia) e pôs-se a pensar porque é que não conseguia encontrar um emprego no nosso Portugal.


fonte: Artigo colocado num grupo de discusão do LinkedIN

2 comentários:

Sr. Matumbo disse...

Já nem sequer há produtos "made in portugal". Neste momento estou a escrever este comentário num computador "made in japan".

Sandra Mendes disse...

Olá Sr. Matumbo,

Interessante comentário o seu.

Esta história é um pouco exagerada, pois pretende que nós reflictamos um pouco sobre aquilo que consumimos.

Portugal atravessa uma grave crise e senão formos nós, os portugueses, a preocuparmos com o que consumimos, a economia portuguesa demorará mais tempo a melhorar.

Eu acredito que se produzem produtos com muita qualidade em Portugal. Por exemplo, o Vinho do Porto.

O que eu retiro de mais importante desta pequena história é que devemos estar conscientes das consequências das nossas escolhas.

Um abraço,
Sandra Mendes